Monday, March 7, 2016

ELOGIO À MULHER/ MOONLIGHT SONATA BEETHOVEN


copyright
*****
Ah, mulher, mulher, por que te dão um dia,
Se no Mundo não há dias sem ti.
*
Ah, mulher, mulher, por que te celebram num dia,
Se na vida não há paz e amor e filhos sem ti.
*
Ah, mulher, mulher, de que te vale teres um dia,
Se nos outros dias, fizerem a festa sem ti.
*
Ah, mulher, mulher, para que te oferecem um dia,
Se em todos os outros, não haveria presentes sem ti.
*
Ah, mulher, mulher, para que te levitam num dia,
Se em todos os outros, não há aniversários sem ti.
*
Ah, mulher, mulher, por que não há um dia pró homem,
Se a vida tanto vale nele, como em ti, mulher!
*
Ah, mulher, mulher, és pomar, pétala, 
Flor, semente e fruto...
És nascente, vida, sonho, paixão e risco puro,
E sem ti, não haveria barco seguro.
*
Ah, mulher, mulher, já que tens este dia,
Faz com que a festa se torne inteira...
Que Ela não tenha limite, lamúria ou fronteira.
*
E que seja riso de homem, de criança e mulher,
 Estrelar e absoluta, total, como a vida quer!...

Véu de Maya

2 comments:

Laura Santos said...

Talvez exista um Dia da Mulher porque em grande parte das sociedades deste mundo, muitos dos dias não pertençam verdadeiramente às mulheres, nem, muitas vezes, sequer pertençam aos homens.
Que os homens e as mulheres se entendam para fazer uma "festa" que inclua mulheres e homens em harmonia.
O poema é muito belo, embora não me congratule com o facto de ter de existir um Dia Internacional da Mulher.
Parabéns pelo video, e pelo poema.
xx

Luis lourenço said...

Ah, Laura!-Tão sinceras e fortes as suas palavras...Grato pela sua presença...Que tenha um dia cheio de coisas boas e com toda a felicidade...L.L.